Tomando as rédeas das finanças pessoais

Escrito por: - Publicado em: 21/08/2012

Há quem ache que pode deixar as finanças pessoais se auto-regularem e tudo ficará sob controle sem nenhuma intervenção. Ledo engano. É imprescindível ter alguma forma de controle para manter as finanças em dia.

É muito comum que as pessoas só se preocupem com as finanças próximo das datas de pagar as contas. É quando percebe se há ou não há dinheiro disponível para pagar os boletos, cartões e outras contas. Entretanto, esperar as datas de vencimento para verificar se há dinheiro disponível para fazer os pagamentos é o caminho certo para um descontrole crônico das contas e o primeiro passo para o insucesso financeiro.

 

Tomar as rédeas do destino em finanças significa estar sempre preparado para imprevistos e nunca deixar com que o dinheiro esteja no controle. Controlar as finanças, sabendo exatamente de onde vem cada centavo e para onde vai o dinheiro que é gasto durante um certo período trará a tranquilidade e a possibilidade de dar um destino adequado ao capital financeiro pessoal.

 

Assim como uma empresa, administrar o dinheiro de uma família é uma tarefa que exige disciplina e sistematização. Controlar as despesas de família é muito mais do que apenas saber e conhecer os números de despesas e receitas. É preciso registrar tudo o que é movimentado e também realizar uma análise dos dados para que possa haver um planejamento financeiro.

 

Para conquistar novos bens ou mesmo a independência financeira, o responsável pelas finanças deverá analisar gastos, salários e investimentos de modo que possa visualizar dados futuros baseados no passado e estimar qual o destino que terá o dinheiro e também se será necessário encontrar formas alternativas de gerar renda para o grupo familiar.

 

Assim como o registro e a análise de dados são essenciais, a comunicação entre todos os membros deve estar presente para conter e demonstrar todas as emoções relacionadas ao tema tão delicado que é o dinheiro. Ou seja, o quanto antes esse assunto for colocado em discussão, menores serão os impactos negativos e mais rápidas aparecerão as soluções para possíveis problemas financeiros.

 

Portanto, tomar o controle das finanças pessoais é uma questão básica de saúde familiar na medida que o dinheiro envolve muito mais do que números. Ele está relacionado a outros contextos e afeta a todos emocionalmente e, por isso, deve ser foco de atenção e estar sob os olhares atentos de um bom administrador familiar.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
32 gastos que dão direito à restituição do imposto de renda
Por Central do Evento
Consumo responsável: o que considerar
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).