Seu cérebro pode fazer de você um mau investidor: veja 7 maneiras

Escrito por: - Publicado em: 06/11/2015

Não importa quão racional você pensa que é. Você tem um cérebro e as substâncias químicas presentes nele, podem forçá-lo a tomar decisões irracionais. Isso afeta todas as suas decisões, seja na sua vida amorosa ou na sua carteira de investimentos.

 

“Investidores são ‘normais’, ‘não racionais'”, diz Meir Statman, um dos principais pensadores em finanças comportamentais.

 

O site Business Insider compilou uma lista com “sete vícios” comportamentais comuns que orientam as decisões de investidores. Leia e perceba rapidamente porque você esteja, talvez, tomando más decisões.

 

1 – Ter excesso de confiança
Este pode ser o conceito de finanças comportamentais mais óbvia. Isto é, quando você coloca muita confiança na sua capacidade de prever os resultados de suas decisões. Investidores excessivamente confiantes são mais suscetíveis à volatilidade.

 

2 – Ficar ancorado
A ancoragem é relacionada ao excesso de confiança. Por exemplo, você fazer a sua decisão inicial de investimento com base nas informações disponíveis para você naquele momento. Mais tarde, você recebe notícias que afetam alguma das previsões inicialmente feitas. Mas ao invés de realizar nova análise, você continua com a ideia fixa. Porque você está ancorado, a sua análise revista não irá refletir completamente as novas informações.

 

3 – Aversão à perda

Aversão à perda, ou a relutância em aceitar uma perda, pode ser mortal. Por exemplo, um de seus investimentos podem estar abaixo de 20% por um bom motivo. A melhor decisão pode ser apenas registrar a perda e seguir em frente.  Um comportamento perigoso é o de tentar recuperar, investindo mais. Algo semelhante ao apostador, que fez uma série de apostas maiores na esperança de recuperar  o mesmo.

 

4 – Seguir o fluxo

Sua capacidade de tolerar o risco deve ser determinado por suas circunstâncias pessoais financeiras,  seu horizonte temporal de investimento, e o tamanho de um investimento. Mas seguir é o fluxo é estar na dependência de quadros, que se refere à tendência para alterar a tolerância ao risco com base na direção do mercado. Por exemplo, sua tolerância ao risco pode cair quando os mercados estão em queda. Alternativamente, sua tolerância ao risco pode aumentar quando os mercados estão subindo.

 

5 – Ter problema em esquecer más lembranças

A forma como você investe no futuro é frequentemente afetado pelos desempenhos dos seus investimentos passados. Por exemplo, você pode ter vendido uma ação a 20% novamente, só pra depois assistir a esta mesma ação continuar a crescer após a sua venda. E você pensa: “Se eu tivesse esperado mais um pouquinho”. Ou talvez um dos seus investimentos se desvalorize, e você fica se culpando por não ter vendido enquanto ainda estava sem perdas. Tudo isso, é claro, leva a desagradáveis sentimentos de arrependimento.

 

A minimização do arrependimento acontece quando você evita investir, ou quando investe de forma muito conservadora por não querer mais sentir o amargo arrependimento.

 

6 – Dar desculpas como mecanismo de defesa

Às vezes seus investimentos fazem você perder dinheiro. Claro, não é culpa sua, certo? Mecanismos de defesa sob a forma de desculpas estão relacionados ao excesso de confiança.

 

7 – Representatividade

Uma empresa pode anunciar uma sequencia de grandes rendimentos trimestrais. Como resultado, você presume que os próximos rendimentos serão ótimos também. Este erro cai em um amplo conceito comportamental de finanças chamado de representatividade: você erroneamente presume que uma coisa signifique algo a mais.

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
O que é e como fazer uma faxina financeira no início do ano?
Por Equipe Organizze
5 ideias práticas para melhorar sua vida financeira em 2022
Por Meu Patrimônio
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).