Saiba como evitar e o que fazer em caso de problemas com fornecedores de casamento

Escrito por: - Publicado em: 20/02/2018

O desejo de que tudo saia perfeito é o principal motivo de tanto planejamento para o Grande Dia. Afinal, esse é um dos momentos mais especiais na vida de um casal. É muito comum noivas ficarem nervosas ou ansiosas, pois imprevistos podem acontecer principalmente quando o assunto são fornecedores.

 

Já falamos como e quando contratar o fornecedor ideal, mas você sabe quais os tipos de imprevistos podem surgir quando a escolha não for a correta? E ainda, o que fazer caso algum problema venha a acontecer?

 

A importância do contrato

 

Primeiramente, destaca-se a importância dos contratos. É essencial ter contratos bem redigidos de todos os fornecedores, com cláusulas bem claras e detalhadas. Ao assinar o contrato, que tem força de lei, as partes assumem suas responsabilidades e, caso alguma delas não seja cumprida e se, caso não exista nenhuma forma de resolver o problema, o outro tem o direito de ser indenizado de acordo com a proporção do dano sofrido.

 

Possíveis problemas

 

→ Falência: Quando a dívida de uma empresa é maior do que seu patrimônio, ela decreta falência. Nesse caso, a empresa encerra suas atividades e seus bens patrimoniais são utilizados para quitar suas dívidas, mas o processo costuma ser bastante demorado.

 

→ Atraso: Quando o fornecedor não comparece ao local do evento no horário estabelecido e sua ausência prejudica o andamento de todo o evento.

 

→ Serviço de má qualidade: Quando o fornecedor comparece ao local do evento, mas a qualidade do serviço prestado foi diferente do acordado anteriormente.

 

→ Cancelamento da prestação do serviço: Quando o fornecedor, em cima da hora, percebe-se incapacitado de cumprir a prestação do seu serviço, não deixando ao cliente tempo hábil para contratar outro prestador.

 

→ Desastres naturais: Em casos de casamentos em ambientes abertos, imprevistos naturais, como tempestades e alagamentos, podem prejudicar o fornecedor de cumprir com sua parte do contrato.

 

O que fazer?

 

Considerando que ocorra um desses problemas com o seu fornecedor, os noivos devem, primeiramente, avaliar o que foi acordado no contrato. É necessário que haja uma conversa amigável com o fornecedor para uma tentativa de encontrar um denominador comum e resolver o problema.

 

Caso não seja possível resolver através de uma conversa amigável, os noivos podem recorrer aos seus direitos buscando auxílio no Poder Judiciário para que recebam o ressarcimento do valor pago ao fornecedor, que seria o dano material. O casal pode também ser indenizado pelos danos morais, que envolvem o desgaste emocional e a preocupação, ou seja, o abalo psicológico por ter um dos dias mais importantes de suas vidas prejudicado.

 

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, um consumidor lesado pode exigir:

 

→ A reexecução dos serviços, sem custo adicional e quando cabível;

 

→ A restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;

 

→ O abatimento proporcional do preço.

 

No caso de um evento de casamento, a primeira opção não é possível, já que o casal dificilmente irá realizar outra festa para que o serviço seja prestado novamente. A segunda opção também não é a ideal, já que os danos morais são inevitáveis. Sendo assim, os direitos dos noivos envolvem, além do abatimento do preço, a indenização pelas perdas e danos materiais e morais.

 

Algumas situações podem ser resolvidas através do Procon. Se o casal tiver um advogado de confiança, ele poderá orientar e tomar as possíveis medidas para a abertura de um processo judicial. No caso de impossibilidade de arcar com as despesas, os noivos podem entrar com um pedido de Defensoria Pública.

 

Por fim, para evitar qualquer tipo de imprevisto, busque indicações no momento da contratação do fornecedor ideal. Peça referências, verifique entre os casais de amigos que casaram recentemente, em fóruns e grupo de noivas, em blogs ou sites confiáveis.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
32 gastos que dão direito à restituição do imposto de renda
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
4 dicas para criar um fundo de emergência
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).