Saiba como escolher a aliança de casamento

Escrito por: - Publicado em: 21/12/2017

A troca de alianças é um dos momentos mais lindos e emocionantes de uma cerimônia de casamento. Depois dos votos de amor eterno e do tão esperado “sim”, essa é a hora que simboliza o compromisso real entre os noivos. Após esse instante, os noivos usarão esse anel tão simbólico todos os dias.

 

História da aliança

 

A história começou nas culturas hindu e egípcia. Para estes povos, que viveram alguns milênios antes de Cristo, um círculo simbolizava algo que não tem fim. Desta forma, escolheram o anel como insígnia do amor contínuo e eterno.

 

Posteriormente, o costume foi adotado também pelos gregos e pelos romanos. Foram os romanos os responsáveis por introduzir a tradição de usar o anel na mão esquerda, acreditando que nela se encontra uma veia ligada diretamente ao coração.

 

Mais tarde, na Idade Média, a Igreja Católica intensificou a popularidade das alianças. E, atualmente diversas culturas e religiões do mundo adotam a aliança como símbolo de fidelidade, união e cumplicidade.

 

O que deve ser considerado na hora da escolha

 

→ O primeiro passo é o orçamento disponível e, a partir dele, os noivos devem pesquisar as opções que mais agradam dentre os tipos de modelos que preferem. Os preços variam conforme a joalheria e o material utilizado. Quanto maior o grau de pureza dos metais, mais valioso (e caro) são os anéis.

 

→ Após definir o teto do valor das alianças, os noivos precisam avaliar o seu próprio gosto e estilo. A aliança será uma joia utilizada em todos os momentos da vida, desde o trabalho ao passeio no parque, até a praia ou à uma festa de gala. Caso os noivos tenham estilos muito diferentes e não consigam entrar em consenso sobre um modelo que agrade a ambos, saiba que as alianças não precisam ser necessariamente idênticas. O mais comum, nesse caso, é criar a aliança do noivo lisa, e a da noiva, do mesmo modelo, porém cravejada com um ou mais diamantes.

 

→ Saiba as diferenças do material utilizado. Normalmente, os anéis de ouro são de 14, 18 ou 24 quilates. Quanto maior o quilate, maior a pureza e mais dourada a coloração. Se o casal não for fã de dourado ou quiser se diferenciar, existem outras opções, como o ouro branco, prata, titânio e platina.

 

Mais algumas dicas

 

→ Sinta os anéis nos dados para avaliar o conforto e experimente cada modelo que agradar. Opte por modelos levemente arredondados internamente (alianças anatômicas), que não marcam nem machucam os dedos.

 

→ Pesquise em joalherias competentes e de confiança. É muito importante saber se a empresa é idônea, se oferece garantia, se a joia acompanha nota fiscal e se há troca no caso de defeito.

 

→ Existe horário e dia mais indicado para comprar as alianças. Se tiver feito exercício físico, por exemplo, os dedos tendem a estar mais inchados, assim como durante o período menstrual. Opte por fazer a prova final em um dia que a temperatura do corpo esteja mais normal e estabilizada.

 

→ Considere se haverá gravação nas alianças ou não, e caso esta seja uma opção, é super importante que escolha seja informada no momento da compra.

 

Você já escolheu as suas alianças de casamento? Qual é o seu modelo preferido? Conta pra gente aqui nos comentários!

 

*O Mecasei.com é a forma mais fácil e divertida de planejar e organizar o casamento dos sonhos. Atuando como melhor amigo dos noivos, o Mecasei.com fornece uma série de ferramentas e serviços inteligentes para facilitar a jornada dos noivos até o altar – e além.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
32 gastos que dão direito à restituição do imposto de renda
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
4 dicas para criar um fundo de emergência
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).