Perdeu dinheiro no Tesouro Direto? 3 dicas pra não cair em ciladas no Tesouro!

Escrito por: - Publicado em: 22/11/2016

As aplicações em Titulos do Governo ganharam fama e quase arrancam suspiros dos investidores pela simplicidade, segurança, rentabilidade acima da poupança e baixo investimento inicial (com R$30,00 dá pra começar a investir).

 

Graças à nossa Senhora do Bom Senso (e azar da poupança), milhares de brasileiros estão migrando o seu rico e suado (não zuado, ok) dinheirinho para o Tesouro Direto, o que me deixa muito, mas muito feliz!

 

Até ai, tudo bem, todo mundo feliz!

 

Acontece que tem muita gente ficando APAVORADA com a “desvalorização” dos investimentos em Tesouro Direto. Todos os dias eu recebo pelo menos 3 emails ou mensagens de novos investidores com uma dúvida parecida com essa ai embaixo, retirada do Facebook do Me Poupe!

 

“Socorro !!! Ajuda.. apliquei no tesouro Selic e o valor está menor estou tendo rentabilidade negativa?
Ou a corretora me cobrou uma taxa de corretagem? Com esta diferença de valor ainda vale
a pena tirar da poupança ?”

 

Geralmente esse pedido desesperado de ajuda chega dois dias depois que a pessoa investiu e corre na plataforma da Corretora de Valores ou no site do Tesouro Direto pra saber o quanto “ganhou”.

 

Imagina a decepção de ter colocado R$300,00 hoje e ter R$295,00 depois de três dias.

 

Bate mesmo um desespero se você não souber o que de fato está acontecendo.

 

Mas adivinha só?

 

Hoje você vai entender e vai sentir o alívio tomar conta da sua vida!

Nas dicas ai embaixo eu solucionei algumas das maiores dúvidas e dei dicas pra que você não perca dinheiro no Tesouro Direto (Sim, você pode perder, mas só se ficar afobado e não ler as dicas). Acabando com o desespero em 3, 2, 1…

 

1. Não confunda rentabilidade oferecida na Hora da Compra com o valor que você vê na sua conta da corretora!

O que você vê quando entra na sua área de cliente de corretoras como a Easynvest, ou quando faz o Login na sua conta do Tesouro Direto é o quanto pagariam pelo seu título se ele fosse vendido NAQUELE DIA. Tudo o que foi garantido na data da compra será pago desde que você mantenha o seu título (investimento) até o vencimento.

 

2 – Entenda o vai e vem do preço do seu título

Um exemplo fictício, porém com números que poderiam ser reais: Você comprou um Tesouro Prefixado com vencimento para 2019, com rentabilidade garantida de 14% no dia 20/08/2016 e Pagou R$676,00 (aproximadamente) por este título sabendo que no dia 20/08/2016 ele te pagaria R$1.000,00 (É assim que funcionam os títulos do Tesouro! Você paga um valor e ele sempre vai te devolver R$1.000 no final).

 

Lá pelo dia 12/12/2016 deu a louca e você resolveu que queria pegar o dinheiro que colocou no Tesouro. Acontece que naquele dia o seu título que valia R$676,00 quando você comprou está mais barato (R$570,00). O que acontece neste momento?

 

“Eu surto?”

 

Isso a gente sabe… vai além disso: O que acontece pra esse preço cair tanto e você ter a sensação equivocada de que perdeu dinheiro?

 

É porque a Taxa Básica de Juros da economia (A famosa Selic!)  subiu e, pra chegar nos R$1.000 no mesmo prazo (20/08/2019), o povo lá do Tesouro (com todo respeito) teve que aumentar os juros que eles pagam pra quem comprar o título naquele dia, o que faz o preço cair. Veja como faz sentido:

 

Se antes eu tinha taxa de 14% e cobrava R$676,00 pra entregar R$1.000 no prazo estipulado, com a taxa maior eu vou cobrar menos, já que os juros compostos vão fazer o seu trabalho mais rápido pra entregar o mesmo valor pra todo mundo que comprou aquele mesmo Título. Sacou?

 

“Então quem chegou depois teve mais vantagem do que quem chegou antes?”

 

Sim, é a vida e essa é a mágica da Renda Fixa. Quanto mais os juros sobem, mais você ganha.

 

3.Aprenda a lidar com o humor do Tesouro Selic

O Tesouro Selic é como uma pessoa que acorda mau-humorada. No começo é difícil lidar com ela, mas se você dá um tempo, aprende que ela é ótima de se conviver! (Lembrou de alguém?)

 

“E porque ele é assim? Será que precisa de terapia? ”

 

Não, não chega a tanto!

 

Quando a gente investe em Tesouro Selic sabe que aquele dinheiro vai valorizar de acordo com a Taxa Selic, que é sempre positiva (e bem positiva nos últimos meses, diga-se de passagem… Hoje, a Selic está em 14,25% ao ano). Como a Selic é determinada diariamente (nos dias úteis) Todo dia seu dinheiro valoriza um pouquinho. Se a Selic aumenta ele valoriza mais, se a Selic Diminui, ele valoriza menos, mas sempre valoriza.

 

Acontece que tem um Pulo do Gato ao contrário nessa história, chamado ágio e deságio da Selic. É aquele -0,01 ou zero virgula zero alguma coisa que aparece de vez em quando na tabela, tipo isso:

 

tabela

 

Esses pequenos ajustes de taxas, que variam bem pouco, funcionam como uma balança para equilibrar os preços do Tesouro Selic, de acordo com o ânimo do mercado. Calma, vai ficar mais fácil entender quando a gente voltar para o exemplo dos mau-humorados!

 

O que acontece com o Tesouro Selic, ele pode estar:

 

Negativo: Exemplo -0,01

 

Neutro:  0,00

 

Positivo: Exemplo + 0,01

 

“E o que isso significa?”

 

Negativo – Se comprar Vai receber a Selic – (menos) 0,01

 

Neutro – Vai receber a Selic sem nenhum acréscimo ou sem nenhum desconto

 

Positivo – Se comprar Vai receber a Selic + (mais) 0,01

 

Vale ressaltar que todo mundo que comprou o mesmo título, terá o mesmo valor de resgate no vencimento.

 

Oras bolas, se todo mundo vai receber a mesma coisa então o que diferencia quem vai receber o Título com acréscimo ou um desconto?

 

O valor de compra! (No exemplo acima o Valor de compra é de R$7.633,59 e você pode comprar apenas uma fração de 1% = R$76,33)

 

Se eu comprei um Título por R$ 7.000,00, sem nenhum acréscimo ou desconto na Selic e no dia seguinte ele está sendo negociado com uma taxa adicional de + 0,02, significa que quem comprar os Títulos amanhã, terá que pagar mais barato para receber mais taxa no final.

 

MUITA ATENÇÃO AGORA PORQUE ESTE É O MOMENTO ALÍVIO ETERNO NO TESOURO!

 

Se essa diferença entre o preço de hoje e o preço que você pagou ontem for maior que a rentabilidade de um dia do Tesouro Selic… Adivinha o que acontece?

 

O seu título perde valor porque não teve tempo de acumular a rentabilidade necessária pra vencer esse AGIO E DESÁGIO.

 

Sente só a comparação pra você nunca mais esquecer e compartilhar este post pra TODO MUNDO!
É como se o seu título fosse criando músculos dia após dia até que esse “ágio e deságio” fossem DERROTADOS! E esse efeito “maromba” costuma aparecer só após os primeiros trinta dias de rentabilidade acumulada.
(Bem mais rápido do que os meus músculos que até hoje não se desenvolveram…)

 

E o IOF, Imposto de Renda, Taxa do tesouro e taxa da corretora?

 

Nossa, já ia esquecendo, tamanho foi o momento EURECA…

 

O IOF só é cobrados nos 30 primeiros dias (mais um bom motivo pra você só aplicar em Tesouro Selic se for deixar mais que isso) sobre a rentabilidade. Se não rendeu, não tem cobrança. Já o Imposto de Renda é cobrado sobre a rentabilidade respeitando as aliquotas que começam em 22,5% e terminam em 15% após o segundo ano de investimento. 

 

Taxa do Tesouro: 0,30 ao ano proporcional ao tempo que o seu dinheiro ficou investido.

 

Taxa da Corretora: Algumas corretoras cobram taxas para aplicações em Tesouro Direto, o que acaba reduzindo a sua rentabilidade.

 

Nesse vídeo eu explico porque vale a pena investir em Tesouro Selic mesmo com a cobrança de IR

 

Gostou desse post? Compartilhe nas suas redes sociais!

 

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
32 gastos que dão direito à restituição do imposto de renda
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
Tesouro Direto: confira 3 dicas para investir nesta modalidade!
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).