Filmes inspiradores para quem pensa em mudar de carreira

Escrito por: - Publicado em: 08/08/2018

Manter uma carreira única pela vida inteira tem se tornado cada vez mais raro. Era muito comum, há 20 anos atrás, aprender uma profissão e permanecer nela até a tão “sonhada” aposentadoria e só então desfrutar a vida. Consegue imaginar isso? Trabalhar por mais de 30 anos, tendo apenas 1 mês de férias por ano e só após essa jornada poder aproveitar as conquistas? Se você não se imagina assim e se quer mudar de carreira, vai gostar deste outro post também: “Transição de carreira: 3 coisas que você não deve fazer“.

 

Com a disseminação dos conceitos de que é possível “ser feliz e ter prazer exercendo uma profissão” e “ganhar muito dinheiro fazendo algo que se goste”, muitas pessoas têm olhado com olhos longos para essa perspectiva, suspirando e se perguntando se isso lhe pertence.

 

Como coach de liderança e carreira, já vi diversas pessoas que se lançaram nesse grande desafio e passaram por diversas tribulações, mas de uma forma ou de outra chegaram do outro lado, encontrando muitas vezes algo que afirmam ser ainda melhor do que dinheiro: a felicidade!

 

E como sempre é bom buscar inspiração para o que se quer fazer, vou deixar aqui 4 sugestões de ótimos filmes para inspirar e motivar você a mudar de carreira. Você vai ver que pode até não ser moleza, mas que tem muito a ganhar quem encontra o que verdadeiramente procura.

 

Prepare a pipoca e vamos lá!

 

“À Procura da Felicidade” (2007), de Gabriele Muccino

 

Com Will Smith no papel de Chris Gardner, “À Procura da Felicidade” conta a história de um empreendedor, que vê seus negócios estagnados e descobre a chance de entrar para uma grande corporação. O seu grande desafio é mudar de carreira no momento em que está ‘quebrado’ financeiramente, ter que encarar um teste de seis meses sem nenhuma remuneração nem garantia de conseguir a vaga, e tudo isso enquanto cuida sozinho de seu filho. Esse lindo filme é baseado em uma história real.

 

“Um Senhor Estagiário” (2015), de Nancy Meyers

 

Com Robert De Niro no papel de Ben Whittaker, um homem que se vê enfadado com a vida de aposentado, após muitos anos trabalhando como executivo de uma grande empresa que fabricava Listas Telefônicas (curiosidade: pra quem não sabe o que é isso, antes do Google, toda empresa que queria ser encontrada anunciava nas Listas Telefônicas, que eram enormes e tinha telefones de todas as empresas).

 

Ben acaba encontrando um anúncio para contratação de um idoso que vai trabalhar como estagiário em uma empresa de internet. Contra a vontade da dona da empresa, interpretada por Anne Hathaway, ele acaba se tornando seu estagiário e, aos poucos, vai se adequando à nova rotina, à medida que vai acrescentando valor a tudo que faz.

 

“Intocáveis” (2012), de Eric Toledano e Olivier Nakache

 

Inspirado em fatos reais, conta a história de Driss, interpretado pelo divertidíssimo Omar Sy, que seguia uma vida errante e sem perspectivas, sobrevivendo por curtos períodos em empregos simples e longos períodos com o auxílio desemprego. Até que, para continuar recebendo o auxílio, precisa participar de uma entrevista e acaba sendo contratado para trabalhar como cuidador de um senhor tetraplégico chamado Philippe, impecavelmente interpretado por François Cluzet.

 

Philippe, que é muito rico, acaba dando a Driss uma nova perspectiva de vida e conforme aprende mais sobre seu trabalho, nasce uma forte e improvável amizade entre ambos. Aqui mudar de carreira não era algo buscado mas é incrível ver a transformação dos personagens quando ela, naturalmente, acontece.

 

“O Jogo da Imitação” (2015), de Morten Tyldum

 

Esse filme conta a história de Alan Turing, interpretado por Benedict Cumberbatch, o precursor da computação moderna e uma das pessoas mais importantes na vitória dos aliados sobre a Alemanha Nazista na Segunda Guerra Mundial. Neste filme, podemos ver a criação de um dos primeiros computadores do mundo, com a dificílima missão de desvendar a máquina de criptografia alemã, que dava grande vantagem para eles. Porém, nem toda sua genialidade pode realizar uma tarefa tão imensa e ele se vê na posição de ter de mudar de carreira e aprender a ser um líder para conquistar as pessoas que o ajudarão a realizar seu grande trabalho.

 

Como bom coach, eu adoro ouvir as pessoas, então comente aqui no post o que achou das indicações e, se tiver alguma outra dica de filme para quem quer mudar de carreira, também vou gostar de receber!

 

Até breve!

 

*Paulo Bomfim para Instituto Acelere, uma startup especialista em conteúdo, fácil e acessível. Um livro por mês, mapa mental e plano de ação para colocar o conhecimento em prática, acesso ilimitado ao portal de cursos online e aulas ao vivo com os autores best-sellers. Tudo isso pensando em como acelerar a carreira com um único investimento.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Cuidados que você deve ter com sua folha de pagamento
Por Equipe Organizze
Importância da saúde financeira para médicos
Por Meu Patrimônio
Mudando de carreira em Home Office
Por Equipe Organizze
5 passos para fazer um planejamento profissional
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).