Entenda porque você pensa errado sobre dinheiro e riqueza

Escrito por: - Publicado em: 23/09/2016

Há algum tempo atrás eu li um livro que impactou muito minha vida em relação a como trato o dinheiro, o nome desse livro é “Os segredos da mente milionária” de T. Harv Eker.

 

Eu sei que o nome é um pouco pejorativo e confesso também que tive certo preconceito antes de ler, justamente pelo título, mas, como a indicação veio de uma pessoa de minha confiança e que eu admirava resolvi dar uma chance.  Comprei o livro e comecei a ler.

 

Essa leitura é um verdadeiro “tapa na cara”.  Comecei a identificar crenças em relação ao dinheiro que me limitavam e me impediam de prosperar financeiramente, é uma batalha muito grande para mudar o padrão e a forma que pensamos sobre o tema.

 

Enfim, o livro aborda o tema de tal forma que a maioria das pessoas ao redor do mundo NÃO pensam e eu gostaria de compartilhar um pouco de alguns aprendizados adquiridos nesse livro.

 

Mas antes de continuar, você sabe o que são crenças limitantes? Sabe qual o impacto que essas crenças têm nas suas atitudes? Pois bem, crenças limitantes são pensamentos de mundo que nos acompanham desde quando nascemos. Conhece alguma das frases abaixo?

 

“Nasci pobre, vou morrer pobre.”
“Só é rico quem nasce em berço de ouro.”
“Fulano ficou rico porque roubou, trabalhando honestamente é impossível ganhar tudo aquilo de dinheiro.”

 

Esses são exemplos clássicos de pensamentos que a sociedade em geral carrega quando o assunto é dinheiro, já ouviu alguma dessas frases vindo de algum familiar ou amigo seu? Desde muito pequenos esses pensamentos ficam enraizados em nossa mente, e essas crenças podem ser influenciadas pelos nossos pais, pelos professores, pelos filmes que assistimos e outros fatores também.

 

A maneira como pensamos pode influenciar diretamente nas nossas atitudes e comportamentos no dia-a-dia. A melhor forma de explicar isso é através do exemplo: vamos supor que você deseja ser promovido na empresa onde trabalha, porém, você acha que quem faz marketing pessoal é aquela pessoa que “quer se aparecer” que é “exibida” e esse padrão de pensamento funciona como uma autosabotagem na sua mente, fazendo com que você paralise e não se promova (quando tiver realizado um bom trabalho, é claro) para seu supervisor.

 

É como se você congelasse e não conseguisse mostrar para seu chefe alguma atividade na qual você se empenhou e executou com maestria. É nessas horas que a sua mente te sabota, sabe por quê? Porque, na sua cabeça, você não quer parecer aquela pessoa “chata” que quer se aparecer.

 

Legal, até agora falamos das crenças limitantes negativas, porém, existem as crenças limitantes positivas e é nessas que você deve se concentrar. Alguns exemplos de crenças positivas são:

 

“Ganhar dinheiro honestamente NÃO é pecado.”
“Nasci pra ter sucesso.”

 

Pessoas bem sucedidas financeiramente conseguem enxergar o lado positivo das coisas. As situações são as mesmas, apenas a perspectiva que é diferente. Normalmente, pessoas que não são bem sucedidas financeiramente acabam colocando a culpa do insucesso delas nos outros, na economia do país, no ramo dos negócios que atua, no patrão, nos funcionários, etc.

 

Uma pessoa de mentalidade próspera não se vitimiza quando algo não vai bem, elas identificam onde erraram e assumem o erro. Normalmente, as pessoas que tem esse tipo de mentalidade acreditam que elas criam o próprio futuro delas, diferente das pessoas que não possuem sucesso financeiro, que acham que as coisas simplesmente acontecem na vida delas.

 

Mudar nosso padrão de pensamento é um trabalho longo, mas, degrau por degrau conseguimos mudar para melhor a maneira como pensamos.

 

Espero que esse texto tenha despertado uma reflexão sobre como a maneira como pensamos interferem em nossas atitudes, vamos tentar ver o lado positivo das coisas.

 

Se você quiser entender mais sobre crenças limitantes, recomendo que leia o livro que menciono aqui, vai por mim, a reflexão será grande em sua mente. Ah, recentemente também gravei um vídeo falando sobre conceitos aprendidos sobre a mentalidade dos ricos X mentalidade dos pobres, caso queira assistir é só clicar aqui!

 

Pra finalizar, uma frase que o T. Harv Eker menciona no livro:

 

“A maioria das pessoas associa dinheiro a prazer imediato. Para mim, ele deve ser acumulado para proporcionar liberdade.”

 

Grande abraço e até a próxima!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
32 gastos que dão direito à restituição do imposto de renda
Por Central do Evento
Consumo responsável: o que considerar
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).