Dívidas como herança: é possível?

Escrito por: - Publicado em: 09/05/2016

Você perde um familiar e então surge a pergunta: e as dívidas dessa pessoa? Quem paga?

 

O Finanças Femininas respondeu essa dúvida, e nós compartilhamos aqui com vocês!

 

Quando uma pessoa morre, é necessário abrir um inventário se ela deixou bens para a família ou dívidas a pagar. O prazo para a abertura do inventário é de dois meses da data do óbito e, caso o inventário não seja aberto nesse prazo, na maioria dos Estados cobra-se uma multa por conta do atraso.

 

Vamos imaginar, contudo, que o falecido apenas deixou dívidas, cartão de crédito, cheque especial etc. Nesse caso, é interessante que seja aberto o inventário, denominado de inventário negativo, para demonstrar que não deixou patrimônio. Assim, os credores não podem cobrar o pagamento do cônjuge, por exemplo, pois a dívida foi contraída apenas pelo falecido.

 

Outra situação interessante é que os herdeiros só irão recolher o patrimônio depois que todas as dívidas forem pagas. Primeiro pagam-se as dívidas e o que for apurado depois será entregue aos herdeiros.

 

Tem mais dúvidas? Gostou desse post? Comente! Veja o artigo completo, clicando no botão abaixo.

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
32 gastos que dão direito à restituição do imposto de renda
Por Central do Evento
Consumo responsável: o que considerar
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).