Dicas infalíveis para um ‘arraiá’ econômico e divertido!

Escrito por: - Publicado em: 16/06/2014

É tempo de paçoca, pé de moleque, quentão, pescaria, quadrilha, casamento na roça e muita, muita diversão! O mês de junho traz consigo as tradicionais Festas Juninas, que de tão boas viram Festas “Julinas” e ainda há quem queira mais! Se você nunca se arriscou na organização de uma festa dessas, saiba que com muita criatividade e uma boa dose de organização é possível realizar um “arraiá bão, bunito e barato sô”!

Separamos algumas dicas valiosas para você que está pensando em reunir os amigos em torno da fogueira sem gastar muito!

1 – Espaço e infraestrutura

Já com a lista de convidados pronta, é hora de eleger o local ideal. Como a fogueira é um item indispensável em qualquer arraial que se preze – pois ela aquece nas gélidas noites de junho e dá todo o chame da festa – dê preferência a um lugar aberto. Este deve comportar seus convidados, as barracas, e deve ter um espaço bacana para a quadrilha e para o forró pé de serra que também não pode faltar! O quintal de casa, o sítio da família ou de algum amigo, a quadra aberta do prédio e até mesmo a sua rua são boas opções de local para a festa! Se o lema é gastar pouco, busque bons parceiros. Você possivelmente conseguirá um local gratuito para isso.

Lembre-se de solicitar a autorização da Prefeitura caso pretenda fazer a festa na rua e de tomar os devidos cuidados relacionados ao horário e à altura de som permitida. O local também deve ter toda a infraestrutura básica, como banheiros, água e energia elétrica.

Para as barracas, você pode economizar fazendo uma delimitação simples com cordões, folhas de bananeira e palha. Deixe que o céu estrelado seja o teto de cada uma delas! Se o local for totalmente aberto, uma tenda maior que abrigue as mesinhas dos convidados pode ser um investimento que garanta mais conforto, já que, além do frio, o sereno é bastante comum nesta época do ano. Quanto ao tamanho da tenda e do investimento, tudo depende do número de convidados e do local escolhido. Se o local tem área coberta, dispense a tenda e economize!

2 – Decoração

Bandeirolas de papel de seda, flores de crepom e uma fogueira no meio da roda não podem faltar no seu arraial. Toalhas de mesa coloridas também garantem boa parte da decoração. Tecidos baratos como a chita têm tudo a ver com o clima da festa e podem ser usados também para os apliques de retalhos nas roupas e na decoração em geral. As versões xadrez e floral podem ser livremente combinadas, sem medo de errar. Quanto mais colorido, mais bonita a festa! Você pode, por exemplo, revestir os vasinhos de flores com chita, embalar comidas em trouxinhas de tecido e sisal, fazer bandeirolas diferentes de tecido, intercalando as tradicionais de papel de seda colorido.

A palha do milho cozido vira flores para decoração das mesas e embalagem para os doces! A serragem que pode ser pega gratuitamente em qualquer serralheria também pode ser usada na decoração, dentro dos vasinhos que vão sustentar as flores de palha. Os peixinhos da pescaria podem ser feitos de origami com papel colorido e colocados em uma piscina de areia. Chapéus de palha podem servir como centros de mesa, basta enchê-los de areia e colocar as flores de palha dentro. Use-os também como bandejas para docinhos e quitutes.  Abuse dos objetos “da roça” na decoração. Se você tem em casa tachos de cobre, panelas de ferro e colheres de pau, traga tudo pra mesa! Esses utensílios dão o ar rústico para festa, tornando-a ainda mais bonita, barata e original.

3 – Comidas e Bebidas

Os comes e bebes são uma atração à parte nesse tipo de festa. Pipoca, milho cozido, pamonha, curau, bolo de fubá, mané pelado, espetinho, pé de moleque, paçoca, maçã do amor e tudo aquilo que você achar que cabe na temática é sempre bem-vindo! E o melhor é que muita coisa pode ser preparada em casa de um jeito simples, rápido e gastando muito pouco. Uma ótima ideia para economizar é dividir os pratos entre os convidados: as damas cuidam dos comes e os cavalheiros dos bebes!

Nas bebidas, não pode faltar quentão, refrigerante, cerveja, água e há quem aprecie um bom vinho quente. Quentão na versão sem álcool é uma ótima pedida para criançada, que também se aquece e fortalece a imunidade pra suportar o friozinho com muita saúde.

4 – Brincadeiras, animação e música

Festa Junina é garantia de diversão para todas as idades! E o melhor é que essa diversão custa pouco ou quase nada! Correio elegante, barraca do beijo, acerte o alvo, dança da cadeira, brincadeira do saco, argolas, gincana entre pais e filhos, quadrilha para os pequenos e também para os adultos, pescaria e casamento na roça são apenas algumas das opções para a festa. Um bom animador para a quadrilha e uma seleção de forró que segure a noite toda fecham o pacote que você precisa para garantir a diversão! Uma ótima ideia para deixar a brincadeira ainda mais divertida é realizar a quadrilha do “vira”, mulheres vestidas de homem e vice-versa.

Lembre-se de garantir a segurança quanto ao uso de fogos, estalos, traques e bombinhas na festa. Balões de fogo nem pensar! Antes de tudo, preze pela segurança para garantir que a festa seja só alegria! E aí, percebeu que essa festa incrível pode sair quase de graça? Comece a organizar!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
32 gastos que dão direito à restituição do imposto de renda
Por Central do Evento
Consumo responsável: o que considerar
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).