Crédito ou débito? Você está fazendo a escolha certa?

Escrito por: - Publicado em: 09/02/2015

“Crédito ou débito?” A pergunta já se tornou corriqueira em muitos estabelecimentos comerciais pelo Brasil. Com o progresso da tecnologia, cada vez mais facilidades são oferecidas aos consumidores em relação ao pagamento de compras e serviços. E aquele que possuir sabedoria ao usar as ferramentas disponíveis a ele, poderá aproveitar melhor as vantagens. Você sabe quais os melhores momentos para se usar débito ou crédito?

 

Diferenças entre eles

Para entender a principal diferença entre esses dois métodos de pagamento, basta considerar o fator tempo. Um pagamento em débito é imediato: o valor é debitado da conta na hora, caso existam fundos suficientes. Já o pagamento em crédito somente será realmente debitado da conta na próxima data de vencimento da fatura do cartão. Nesse ponto, ele se torna um pagamento a prazo, que somente será debitado no futuro.

 

Com características tão distintas, fica claro que certas situações pedem mais um tipo de pagamento do que o outro. Saber utilizar de forma estratégica as diferenças entre crédito e débito é um dos principais passos para uma educação financeira mais bem estruturada.

 

Saiba usar o crédito

De acordo com informações divulgadas pelo Serasa em 2014, um em cada 4 brasileiros possui dívida atrasada superior a R$200 — o que equivale a 35 milhões de brasileiros. As razões são muitas, mas boa parte tem a ver com o uso desregrado do cartão de crédito. Por contar somente com o limite de crédito como barreira, o consumidor pode viver na ilusão de que pode gastar além do que de fato possui. No entanto, para usar tanto débito quanto crédito, é preciso responsabilidade.

 

O cartão de crédito pode ser um aliado do planejamento financeiro, mas apenas quando usado de forma sábia. É importante possuir um bom controle de gastos e saber prever a situação financeira nos próximos períodos. Fazendo isso, é possível determinar quanto dinheiro você terá na data do vencimento da sua próxima fatura. E essa quantia deve ser vista como o seu limite de crédito para o mês: apenas gaste o que você terá.

 

Ao mesmo tempo, o cartão de crédito pode servir para realizar pagamentos quando não se tem o dinheiro imediatamente, mas terá garantidamente no futuro. Para utilizar o cartão dessa forma, porém, é necessário muita consciência financeira e um bom plano de contingência para o caso de faltar dinheiro na conta.

 

Débito responsável

O cartão de débito surgiu para substituir o cheque. Diferentemente do seu antecessor, o débito possui efeito imediato e oferece uma proteção a mais ao lojista, já que cartões sem fundos suficientes são logo recusados. Para o consumidor, trata-se de uma opção que se encaixa em um bom planejamento financeiro. Se ele possui o dinheiro e deseja gastá-lo, pode fazê-lo sem qualquer burocracia direta.

 

A melhor forma de pensar o pagamento em débito é fazer uma analogia com o pagamento feito em dinheiro: é feito na hora e somente pode ser feito se você realmente possui fundos para realizar aquela compra.

 

Utilizar o cartão de débito também é uma alternativa muito mais segura do que andar com muito dinheiro na carteira. Além disso, muitas lojas oferecem bons descontos a pagamentos feitos a vista, e a maneira mais segura de fazer isso é utilizando um cartão de débito. Isso geralmente ocorre porque é uma vantagem muito maior ao lojista receber um pagamento em débito do que em crédito. Portanto, sempre que for realizar alguma compra, pergunte ao lojista se há algum desconto para o pagamento à vista: você pode conseguir um preço muito mais vantajoso.

 

Situações de risco

Para realizar pagamentos com cartão de débito ou crédito, é importante se informar a respeito dessas possibilidades nos estabelecimentos que você visitar. Locais que aceitam esses tipos de pagamento geralmente possuem indicados os logotipos dos cartões. Também é importante ter atenção à bandeira do cartão que é aceita no local. Antes de sair, faça uma pesquisa na internet a respeito do lugar que você vai ou informe-se por telefone.

 

Apesar de oferecerem muitas vantagens e conveniências, as máquinas de pagamento de débito e crédito também podem representar uma vulnerabilidade. Criminosos podem adulterá-las para clonar cartões inseridos, por exemplo. Por conta disso, somente utilize cartões de débito ou crédito em estabelecimentos comerciais de confiança. No caso de qualquer problema, é sempre importante poder contatar o local para resolver alguma cobrança feita de forma indevida.

 

Apesar de terem naturezas e propósitos diferentes, os pagamentos por débito e crédito são semelhantes em um ponto: ambos só devem ser usados de forma sábia. Nunca se deve realizar uma compra se não se possui dinheiro suficiente para ela. Mesmo se for grande a tentação de usar o cartão de crédito, é essencial se lembrar de ter um bom planejamento financeiro e prever os seus gastos de forma responsável.

 

Acompanhe mais dicas sobre educação financeira e planejamento econômico, abaixo:

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Cartão de crédito: quando a corrida por milhas se torna uma armadilha
Por Meu Patrimônio
7 dicas para viver em paz com o cartão de crédito
Por Equipe Organizze
Como quitar a dívida acumulada do cartão de crédito?
Por Equipe Organizze
5 ótimos motivos para não emprestar o cartão de crédito
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).