Como saber o quanto posso gastar nas férias?

Escrito por: - Publicado em: 08/02/2017

Para os assalariados, saber quanto gastar no período de descanso sempre é um desafio, pois ao saímos de férias, além de recebermos 1/3 sobre o nosso salário como bonificação, a empresa deposita também o famoso adiantamento de férias, o qual acaba confundindo muitos e gerando endividamento no retorno do nosso descanso. Por isto, através deste artigo, irei descomplicar este assunto para você.

 

Quando saímos de férias, dependendo do dia e do período que iremos tirar de férias, podemos receber até 2,3 vezes o nosso salário. Mas até quanto deste valor podemos gastar além do valor utilizado nos custos mensais como aluguel, água e luz, para as nossas férias? Para explicar melhor esta situação, vou utilizar o exemplo hipotético do nosso amigo João.

 

João irá tirar férias de 30 dias a partir do dia 5 de determinado mês. No dia em que João sai de férias ele recebeu o seu salário normal, referente ao mês trabalhado, mais um terço de férias, e o seu adiantamento de férias, que corresponde a mais um salário. Sabendo que o salário de João é de R$ 1.200,00 líquido, foi depositado na sua conta, no dia 5, o valor de R$ 2.800,00. Mas quanto deste valor ele poderá utilizar nas suas férias?

 

Bom, como já citado, neste depósito, está incluído o valor do salário do mês em que João trabalhou, ou seja, R$ 1.200,00. Este valor será destinado para pagar as suas contas do dia-a-dia, como aluguel, água, luz, plano de saúde, plano de televisão mais internet, e por isto não pode ser utilizado para as férias.

 

O outro valor recebido, foi a bonificação de um terço das férias, que corresponde a um terço do salário, no caso de João, foram R$ 400,00 (R$ 1.200 / 3). Por ser uma bonificação, este valor poderá ser utilizado nas férias, pois é um bônus além do salário. Algo que as empresas pagam para te ajudar nos gastos a mais que você terá nas férias.

 

O terceiro e último valor recebido, é o famoso adiantamento de férias, que no caso do João foi de R$ 1.200,00. Este valor é muito confundido com a bonificação de férias, e muitas pessoas utilizam este durante as férias, porém ele não é uma bonificação, e não deve ser utilizado para as férias, e sim para os gastos como aluguel, água, energia elétrica, plano de saúde e internet que irão vencer no mês seguinte. Este valor na verdade é o salário que você receberá pelo seu período de férias.

 

O empregador brasileiro é obrigado a remunerar o empregado no seu período de descanso, ou seja, quando saímos de férias recebemos o salário normal como se estivéssemos trabalhado, porém em vez de recebermos este no início do mês seguinte, recebemos este no momento em que saímos de férias. E se você faz parte da maior parte dos brasileiro que tem uma grande parcela do seu salário comprometido com gastos fixos, é importante guardar este dinheiro para poder pagar estes gastos quando você retornar de férias.

 

Sendo assim, dos R$ 2.800,00, recebidos por João no momento em que ele saiu de férias, ele poderá utilizar apenas R$ 400,00 para gastos adicionas de férias, os outros R$ 2.400,00 deverão ser utilizados para gastos fixos mensais do mês atual e do mês seguinte.

 

Se você achou R$ 400,00 muito pouco para gastar nas suas férias, realize um controle financeiro e busque economizar mensalmente para ter as férias dos seus sonhos, sem ter que sacrificar sua situação financeira.

 

Forte abraço a todos.

 

Até o mês que vem.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
32 gastos que dão direito à restituição do imposto de renda
Por Central do Evento
Consumo responsável: o que considerar
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).