Aviso: Seu hobbie pode estimular sua criatividade

Escrito por: - Publicado em: 08/11/2015

Quem nunca viveu um bloqueio criativo? E claro, todos sabem que esse não é dos melhores momentos para se experimentar durante a profissão.

 

E, como mostrou o Nômades Digitais, enquanto muita gente ainda tenta buscar a produtividade em hábitos relacionados ao trabalho, a ciência prova que, muitas vezes, são os nossos hobbies que podem nos tornar mais criativos. Sabe como?

 

O site listou 8:

1. Caminhar

Além de ser bom para a saúde, realizar caminhadas também pode deixar você mais criativo. É o que prova um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Stanford, em que os participantes demonstraram um aumento de 60% em sua capacidade criativa enquanto caminhavam.

2. Fazer exercícios físicos

Mesmo que você não seja adepto das caminhadas, a prática regular de exercícios físicos pode te deixar mais inteligente. Quem diz isso é um estudo realizado pela Dartmouth University que indica que, para 60% da população, a prática de atividades físicas aumenta o nível da proteína BDNF, que melhora a capacidade de concentração e aprendizado.

3. Jogar golfe

Se a sua atividade preferida for jogar golfe, as coisas melhoram ainda mais. Segundo os pesquisadores da Princeton University, a prática do esporte aumenta a sua capacidade de resiliência e o desempenho em diversas atividades, por ser um exercício de calma e paciência (uma partida pode durar horas).

4. Jogar videogame

A gente até entende que você não seja muito fã de atividades físicas. Mas existem outros jogos que melhoram o seu raciocínio estratégico: os de videogame, principalmente quando se trata de jogos de estratégia em tempo real, que aumentam sua capacidade de raciocinar sob pressão. Games de ação também melhoram a capacidade de tomada de decisões rapidamente.

5. Tocar um instrumento

Uma pesquisa publicada pelo Journal of Neuroscience indica que o treinamento musical pode aumentar a memória e a capacidade de resolver problemas. Os benefícios são ainda maiores quando a prática inicia durante a juventude. Isso acontece porque o estudo de música ajuda a aumentar o corpo caloso do cérebro – aquela partezinha que liga os dois hemisférios.

6. Ouvir música

Até quem não sabe tocar nenhum instrumento pode se beneficiar das vantagens que a música tem a oferecer ao seu cérebro. Quem indica isso é uma pesquisa realizada pela University of Birmingham, que sugere que escutar música pode melhorar o seu desempenho em diversas atividades.

7. Aprender uma nova língua

Pessoas bilíngues tem mais facilidade para resolver problemas do que as que falam só uma língua – a descoberta foi realizada por pesquisadores da Northwestern University. Na Suécia, uma pesquisa similar indica que a fluência em uma segunda língua é capaz de aumentar o córtex cerebral, que controla desde a memória até a capacidade de planejamento de uma pessoa.

8. Ler

Pesquisadores da Universidade de Sussex sugerem que meia hora de leitura profunda é responsável por uma redução de estresse maior do que qualquer outra técnica tradicional de relaxamento. A capacidade de foco e concentração também são melhoradas, por causar um transe semelhante ao provocado pela hipnose.

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

7 dicas para ensinar educação financeira para as crianças
Por Central do Evento
5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
32 gastos que dão direito à restituição do imposto de renda
Por Central do Evento
Consumo responsável: o que considerar
Por Central do Evento
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).