Além do Bitcoin: conheça as criptomoedas disponíveis para investimento em 2018

Escrito por: - Publicado em: 19/01/2018

Muito tem se ouvido falar sobre as criptomoedas em todo o mundo, e é cada vez maior o número de pessoas interessadas em conhecer – e investir nestas moedas inovadores. No artigo de hoje, você irá conhecer algumas das principais criptomoedas disponíveis para investimento e descobrir como investir em moedas digitais com cautela ao longo de 2018.

 

Boa leitura!

 

O que são criptomoedas e como funcionam?

 

Saber o que são criptomoedas e como se dá o seu funcionamento é um passo fundamental e necessário a ser dado por quem pensa em investir e utilizar estas moedas digitais em algum momento da vida.

 

As criptomoedas – também conhecidas como moedas digitais, são moedas inventadas por programadores, que não são controladas por nenhum órgão ou governo e que podem ser utilizadas como moeda de troca para pagamentos online.  Apesar de existirem já há bastante tempo, estas moedas digitais ganharam maior destaque a partir de 2016, por conta do avanço da mais famosa entre as criptomoedas: o Bitcoin, que foi inventado no ano de 2009.

 

As transações com moedas digitais são realizadas pela internet, onde também se encontram as carteira de dinheiro digital dos investidores e usuários de criptomoedas. Todo processo de compra e venda destas moedas é realizado online, não sendo possível utilizá-las para pagamento de compras físicas, por exemplo.

 

Embora muito populares atualmente, as criptomoedas também são motivo de intensas discussões em todo o mundo, já que especialistas alertam para diversos riscos envolvendo estas moedas digitais. Ao longo deste post você irá conhecer alguns destes riscos apontados por grandes analistas e investidores mundiais.

 

Quais as principais moedas digitais disponíveis para investimento?

 

Por conta do sucesso e da procura cada vez maior por estas moedas, surgiram, nos últimos anos, diferentes tipos de criptomoedas. Algumas delas, no entanto, ganharam mais atenção e se tornaram mais famosas entre investidores e usuários.

 

Conheça a seguir algumas das principais moedas digitais disponíveis para investimento no mercado mundial.

 

Bitcoin

 

O Bitcoin surgiu em 2009, e foi criado por um programador identificado como Satoshi Nakamoto. A moeda digital atraiu a atenção de milhões de usuários e investidores nos últimos anos, principalmente por conta da sua enorme valorização.

 

Entre novembro de 2016 e novembro de 2017, a criptomoeda mais famosa do planeta acumulou valorização superior a 1.000% e chegou a valer US$ 20 mil cada moeda em dezembro de 2017. É a moeda digital mais valiosa do mundo – e a mais conhecida também.

 

Ethereum

 

Depois do Bitcoin, a Ethereum é a moeda digital mais conhecida do mundo, embora aqui no Brasil poucos a conheçam. A plataforma do Ethereum – bastante diferente da plataforma do Bitcoin – surgiu em 2015 e ganhou destaque em grandes veículos de imprensa internacionais.

 

Apesar do valor em dólar do Ethereum ser ainda muito inferior ao valor do Bitcoin, a moeda valorizou, ao longo de 2017, mais de 9.500% – mais de nove vezes superior ao já impressionante avanço do Bitcoin no mesmo período! Impressionante, não é mesmo?

 

Litecoin

 

O Litecoin foi lançado em 2011 e também permite pagamentos de qualquer lugar, a qualquer hora, para qualquer indivíduo no mundo. Assim como as demais criptomoedas, o Litecoin é descentralizado e não possui nenhum órgão ou governo regulador. Esta moeda digital ainda é pouco conhecida entre os investidores e usuários brasileiros, embora seja considerada por muitos como uma “cópia” do Bitcoin.

 

Dash

 

O Dash foi criado com base no software do Bitcoin. Da mesma maneira que muitas das demais criptomoedas já citadas, o Dash permite ao usuário realizar transações financeiras online de modo anônimo.

 

Desde seu lançamento, em 2014, o Dash tenta se firmar no mundo como uma moeda digital voltada a pagamento de compras online. O nome “Dash”, inclusive, é oriundo da junção das palavras em inglês Digital e Cash (ou dinheiro digital).

 

Quais são os riscos envolvidos?

 

Os riscos que envolvem as criptomoedas são, em geral, os mesmos. Confira alguns dos principais riscos que envolvem o investimento em moedas digitais:

 

1. Volatilidade

 

A volatilidade das moedas digitais é um dos principais riscos para o investidor, principalmente para aqueles que desejam se aventurar no mundo das criptomoedas e realizar especulações financeiras sem possuir o devido conhecimento técnico.

 

Se você pensa em investir no Bitcoin ou em qualquer outra moeda digital é importante ter em mente que há riscos quanto à volatilidade da moeda e, portanto, chances consideráveis de perder parte do dinheiro investido, em algum momento.

 

2. Ausência de lastro

 

A ausência de uma autoridade financeira ou governo para controle das criptomoedas é, ao mesmo tempo, um diferencial e um risco das moeda digital. Embora esta ausência de lastro seja uma das características mais convidativa das criptomoedas, a falta de controle dificulta a comprovação do valor real da moeda e ajuda a aumentar sua volatilidade.

 

3. Falta de regulamentação

 

Embora as criptomoedas tenham ganhado cada vez mais espaço em todo o mundo, diversos países ainda não estabeleceram regras para o uso destas moedas, bem como para as transações envolvendo as moedas digitais. O Brasil é um exemplo de país que ainda não regulamentou o Bitcoin ou qualquer outra criptomoeda.

 

Vale a pena investir em criptomoedas?

 

A decisão de investir ou não em criptomoedas depende do perfil de cada um. Muitos investidores preferem não arriscar em alocar parte do seu capital em moedas digitais, enquanto outros acreditam ser possível ganhar muito dinheiro por meio da especulação financeira envolvendo estas criptomoedas.

 

Se você, no entanto, deseja fazer parte deste inovador mercado e ter algumas criptomoedas em sua carteira de investimentos, é importante investir com moderação. Diversifique seus aportes e evite alocar todo o seu capital somente em criptomoedas.

 

Não deixe de fazer uma pesquisa antes de tomar sua decisão e escolha com cautela seus investimentos –escolhendo, por exemplo, investir naquelas criptomoedas que têm maiores chances de valorização no médio e longo prazo para, desta forma, aumentar suas chances de ganhar muito dinheiro com estas moedas digitais!

 

E você, já pensou em investir em criptomoedas? Conhece alguém que já ganhou dinheiro com moedas digitais? Deixe seu comentário!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Tesouro Direto: confira 3 dicas para investir nesta modalidade!
Por Equipe Organizze
Investimento para iniciantes: 3 dicas que vão te ajudar!
Por Equipe Organizze
3 armadilhas de investimentos: pirâmide, esquema Ponzi e bolha financeira
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como avaliar a rentabilidade dos investimentos
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).