7 passos para planejar as férias de julho sem gastar muito

Escrito por: - Publicado em: 25/06/2018

As férias de julho estão chegando mais uma vez e a pergunta é a mesma dos outros anos: você já se planejou para esse período? Muitos pais resolvem aproveitar as férias escolares para fazer viagens em família. Mas se não tiver planejamento, o passeio pode acabar comprometendo o orçamento familiar.

 

O site Finanças Femininas contou com a ajuda de Marcio Barros, doutor em Finanças e professor do IBE-FGV, para criar alguns passos importantes para o planejamento de férias. Continue lendo o artigo e confira alguns destaques abaixo.

 

1. Pesquise o máximo que puder sobre opções de transporte e hospedagem

 

É importante definir o quanto antes o meio de transporte e a hospedagem para evitar que seus preços aumentem com a aproximação das férias. “Pesquise todas as opções disponíveis. Procure dicas em sites e blogs de viagem”, recomenda Barros. Olhe também os sites de diferentes companhias aéreas em busca de passagens promocionais. Pesquise destinos alternativos e pouco visados neste período do ano.

 

2. Viajar à noite ou de madrugada pode ser mais barato

 

“Como julho é um mês de alta temporada, as passagens aéreas podem estar muito caras, então vale a pena pesquisar se é melhor ir de ônibus, dependendo da distância”, sugere Barros. Segundo ele, voos ou viagens de ônibus noturnos ou de madrugada também podem sair mais em conta.

 

3. Informe-se sobre roteiros com antecedência

 

Não espere chegar no destino para pesquisar melhor sobre os roteiros disponíveis. “Quanto mais detalhado for o planejamento, mais opções de economia você tem e já vai se envolvendo melhor com as férias e o local. É como se a viagem começasse antes.” Você pode comprar os ingressos de algumas atrações com antecedência e economizar dinheiro e tempo.

 

4. Coma em restaurantes que não sejam turísticos ou cozinhe

 

Uma boa pesquisa na internet também vale para ajudar a encontrar sugestões de restaurantes para comer bem sem gastar muito. “Pesquise em blogs de mochileiros, eles entendem de viagem bacana e de baixo custo.” Segundo Barros, neles é possível descobrir onde os moradores locais comem a preços mais baixos. Você fará uma boa economia evitando os restaurantes turísticos. Também pode valer a pena pedir uma pizza alguns dias ou, dependendo do tipo de hospedagem, cozinhar.

 

5. Explore o transporte público

 

“Na viagem, o ideal é explorar bastante o transporte público. É grande a chance de ter ônibus, trem ou metrô perto das atrações turísticas. Se a viagem for em grupo, pode valer a pena alugar um carro”. Na hora de decidir o meio de transporte, lembre-se de levar em consideração a distância e o tempo previsto do deslocamento.

 

Confira mais dicas clicando no botão abaixo.

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 formas de ganhar dinheiro em 2022
Por Central do Evento
Consumo responsável: o que considerar
Por Central do Evento
4 dicas para tirar as metas financeiras do papel em 2022
Por Equipe Organizze
O que é e como fazer uma faxina financeira no início do ano?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).